terça-feira, 13 de setembro de 2011

A fonte das teorias conspiratórias do 11 de setembro.

As teorias conspiratórias do 11 de setembro vêm antes do 11 de setembro. Em 25 de julho de 2001, numa transmissão de duas horas e meia de seu programa Infowarts TV, num canal de acesso público, Alex Jones expôs o que via como a história dos ataques falsos fabricados pelo governo – do incidente do Golfo de Tonquim, que Lyndon Johnson usou para afundar ainda mais os EUA na guerra do Vietnã, ao primeiro ataque do World Trade Center, em 1993, e o atentado de Oklahoma City, em 1995, que Jones alegava ser um terrorismo fabricado pelo governo para ajudar Bill Clinton a subir nas pesquisas e oprimir as liberdades civis. Enquanto comparava Oklahoma City ao incêndio de Reichstag, Jones exibia na tela os números de telefone do congresso e da Casa Branca.
"Ligue para a Casa Branca e diga a eles que sabemos que o governo está planejando terrorismo’', disse ele. “Bin Laden”, continuou ele, desenhando aspas com as mãos, "é o bicho-papão de que eles precisam neste sistema orwelliano falso’'.
Seis semanas depois, no dia em que as torres gêmeas caíram, Jones iniciou sua transmissão declarando que, conforme havia previsto, a administração Bush havia tomado parte de um ataque terrorista encenado. "Vou lhes dizer o principal’', afirmou ele. "As chances de que este foi um bombardeio produzido pelo governo são de 98 por cento’'.



Nenhum comentário: