sábado, 30 de abril de 2011

A devoção à Santíssima Virgem.

"Por isso a devoção à Santíssima Virgem é necessária a todos os homens para a salvação e, muito especialmente, àqueles que são chamados a uma perfeição particular" (São Luis Maria Grignon de Montfort, Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria, 40-43).




Por meio da devoção à Santíssima Virgem, o cristão que devotamente a praticar todos os dias, estará garantida (segundo as condições espirituais necessárias - estado de graça-) a salvação de sua alma. "Não há relatos de uma pessoa que tenha pedido auxílio da Santíssima Virgem e que não tenha sido atendida", diz o santo.



Procuremos nos apegar à Santíssima Virgem e às suas devoções como um meio de buscar a perfeição espiritual, com devoção e dedicação as santas obras de caridade, comunhões eucarísticas, Missa todos os domingos e se possível quantas vezes o cristão puder assistir nos dias de semana. A devoção a esta tão bondosa Mãe é a garantia da salvação de nossas almas, pois se por meio da Santíssima Virgem Nosso Senhor veio ao mundo, é por meio da Santíssima Virgem que nós devemos ir ao Nosso Senhor.



Rezemos todos os dias o Santo Terço, se possível o Rosário meditando nos mistérios desde o nascimento de Nosso Senhor, sua morte de Cruz e sua Ressurreição.



Devemos oferecer tudo a Deus pedindo a intercessão da Santíssima Virgem.

"É como se um pobre oferecesse um presente a um rei, o rei não o receberia como se fosse presente de sua esposa. Mas, se o pobre entregasse tal presente à esposa do rei, ela então iria entregar tal presente que seria recebido com muita alegria pelo rei."



A analogia é feita por São Luís Montfort, não exatamente com estas palavras, mas com o mesmo sentido.



Procuremos nos apegar a esta tão bondosa Mãe! Muitas pessoas que deveriam ser condenadas tiveram suas almas salvas por que na hora da morte invocaram a presença da Santíssima Virgem.


Nenhum comentário: